Voltar

03 de fevereiro 2019

Porto do Rio Grande tem movimentação histórica

Soja e celulose foram os principais produtos embarcados em 2018 O setor de estatística da Superintendência do Porto do Rio Grande  concluiu o levantamento dos dados do ano passado e confirmou a maior movimentação da história do complexo portuário rio-grandino. Foram movimentadas 42,9 milhões de toneladas, um aumento de 4,3% quando comparado ao ano de 2017. O grande destaque foi a soja que movimentou mais de 16,3 milhões de toneladas. O segmento de carga geral teve crescimento de mais de 10% impulsionado pela celulose. Foram exportadas 1,6 milhão de toneladas do produto, um crescimento em 2018 de mais de 53% quando comparado ao ano de 2017. A movimentação de carga viva também teve destaque, com aumento de 78,8%, ultrapassando 152 mil animais com destino à Turquia.
“O Porto do Rio Grande é o reflexo da produção gaúcha. Esses números são o espelho de uma produção que ocorre nos mais variados municípios. O resultado numérico mostra um Estado que tem muito trabalho e potencial”, destaca Fernando Estima, superintendente do Porto do Rio Grande. O complexo soja (óleo, farelo e grão) cresceu 8,8% em 2018 ante 2017 e totalizou 16.338.613 toneladas. Somente o grão movimentou mais de 13,6 milhões de toneladas. “Os produtos in natura são ainda a maior parte da movimentação do complexo portuário, mas vemos produtos com grande valor agregado também ampliar a movimentação”, explica Estima. 

Fonte: Amanhã